Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > Visando qualificação de servidores, estande de tiro PFCG é inaugurado

Notícias

Visando qualificação de servidores, estande de tiro PFCG é inaugurado

A iniciativa visa a contínua capacitação de seus servidores
publicado: 06/03/2018 19h31 última modificação: 06/03/2018 19h38
Foto: Thiago Amaral

Foto: Thiago Amaral

Brasília, 06/03/2018 - Após 6 meses de obras, foi inaugurada a primeira fase do Centro de Treinamento Operacional da Penitenciária Federal em Campo Grande (PFCG), com a construção do Estande de Tiro.

A empreitada é fruto de um Termo de Cooperação Mútuo celebrado entre a Direção do Presídio (que disponibilizou o terreno e capacitação aos servidores para a Guarda Municipal, além da doação de viaturas) e a Prefeitura Municipal de Campo Grande (que cedeu mão de obra e as máquinas para a movimentação da terra).

Numa área de 12,5 hectares, o Estande da PFCG ocupa 16.000 m2  e comporta treinamentos com diversos armamentos, desde revólveres e pistolas, passando por espingardas calibre 12 e carabinas 5.56mm, até fuzis 7.62mm e de precisão (“sniper”).

De acordo com o Núcleo de Ensino e Operações da PFCG (NEOP), além de viabilizar um estande próprio para capacitar continuamente servidores da Penitenciária, o novo espaço poderá ser usado para treinamentos de outras forças de segurança, dentre elas o Sistema Penitenciário Estadual (AGEPEN), Receita Federal, Forças Armadas, Polícia Federal etc.

 

ESTRUTURA ATUAL

 Hoje o Estande do Centro de Treinamento da PFCG conta com três linhas de tiro: sendo duas com 25 metros de largura por 160 metros de comprimento cada; e uma com 15 por 25 metros, desenvolvida para cenários 360 graus, usada para capacitar operadores de armamentos em ambientes realísticos.

 

EXIGÊNCIAS PARA USO DO CTO (Centro de Treinamento Operacional)

 De acordo com o NEOP, o estande de tiro está aberto aos servidores, contudo, é imprescindível seguir algumas regras:

1) sempre ir acompanhado;

2) atentar-se para regras de segurança básica de tiro: controle de cano, dedo fora do gatilho e manusear a arma como se estivesse sempre municiada; e

3) comunicar o Chefe do Plantão do dia e o NEOP sobre o dia e horário de uso do espaço.

 

  PERSPECTIVAS PARA O CENTRO DE TREINAMENTO OPERACIONAL

 O CTO/PFCG foi idealizado para comportar salas de aula, auditório, bloco administrativo, alojamentos, refeitório, pista de manobras com viaturas, quadras poliesportivas, piscina, bem como várias estruturas para capacitação operacional, como torre de vigilância e instalações simulando alas e celas. Uma área de aproximadamente 65.000 m2  entre o estande e a Penitenciária foi reservada para construção dessas estruturas e, depois de finalizado, o local terá capacidade para receber até 300 alunos simultaneamente e poderá se tornar o Centro Nacional de Formação de Serviços Penais.

Serviço de Comunicação Social do Depen (Créditos do texto: Munyz Arakaki )

 

 

registrado em: , ,