Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > Mais de 70 mil pessoas privadas de liberdade farão o Encceja

Notícias

Mais de 70 mil pessoas privadas de liberdade farão o Encceja

Aplicação do Encceja é importante estratégia do Governo Federal para a elevação da escolaridade de pessoas privadas de liberdade
publicado: 18/09/2018 15h51 última modificação: 18/09/2018 15h51

Brasília, 18/9/18 - Nos dias 18 e 19 de setembro mais de 70 mil pessoas privadas de liberdade em todas as Unidades da Federação realizarão o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja PPL). As provas são direcionadas às pessoas privadas de liberdade que não tiveram a oportunidade de concluir os estudos na idade própria, certificando as etapas dos Ensinos fundamental e médio àqueles que alcançarem nota para aprovação. 

A realização do Encceja é organizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) que, em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e com as Secretarias Estaduais responsáveis pela Administração Penitenciária, indicam as unidades prisionais que possuem sala de aula e demanda de pessoas presas que almejam concluir os estudos. O certificado de conclusão é emitido pelas Secretarias Estaduais de Educação ou pelos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. 

A aplicação do Encceja PPL é uma importante estratégia do Governo Federal visando a elevação de escolaridade das pessoas privadas de liberdade. Segundo dados do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen), 90% das pessoas presas não possuem Educação Básica completa, ou seja, não concluíram os ensinos fundamental e médio. 

O Exame é dividido em quatro provas objetivas por nível de ensino e uma redação. Cada prova objetiva tem 30 questões de múltipla escolha. Aqueles que buscam a certificação do ensino fundamental serão avaliados nas seguintes áreas do conhecimento: Ciências Naturais; História e Geografia; Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação e Matemática. Para o ensino médio o exame exigirá conhecimento nas áreas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Linguagens e Códigos e suas Tecnologias e Redação; Matemática e suas Tecnologias.