Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > Inteligência Estratégica apresenta projetos do DEPEN ao Ministro Extraordinário da Segurança Pública

Notícias

Inteligência Estratégica apresenta projetos do DEPEN ao Ministro Extraordinário da Segurança Pública

publicado: 24/04/2018 15h35 última modificação: 24/04/2018 16h30

Brasília, 23/04/2018 -  O Diretor-Geral do Depen, Carlos Felipe Alencastro Fernandes de Carvalho, esteve em reunião no Palácio da Justiça com o Ministro Extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann e convidou a Equipe de Inteligência Estratégica, representada pelos agentes federais de Execução Penal Diego Mantovaneli e Luiz Thomaz, para apresentarem projetos da área em andamento no Depen.

Os servidores que estão desenvolvendo os trabalhos na Coordenação Geral de Inteligência da Diretoria do Sistema Penitenciário Federal explanaram os seguintes projetos:

  • Implantação da Área de Inteligência Estratégica: A Inteligência Estratégica poderá assessorar (tecnicamente) o processo decisório a antecipar fatos indesejados e aproveitar oportunidades.
  • Planejamento Estratégico para o SPF (Piloto DEPEN, Estados): Aplicar metodologia para obter identidade, diagnóstico e estipular objetivos estratégicos.
  • Subsistema de Inteligência Penitenciária – Sipen (Nacional): Criação do Sipen no âmbito do SISBIN (Sistema Brasileiro de Inteligência), considerando: participação de todos os órgãos formalizados de Inteligência Penitenciária (Ipen), estabelecimento do Depen como órgão central, fomento a criação do Plano e Estratégica de Ipen e designação de verba específica do Funpen para o incremento da atividade.
  • Núcleos Integrados de Combate ao Crime Organizado (Gaeco Federal): Integrar capacidades dos órgãos (Depen, Ministério Público e Polícia) de modo a estabelecer ações sistemáticas e permanentes no combate ao crime organizado, especialmente, no acompanhamento dos líderes presos no SPF.

O Ministro se interessou pelos projetos, deu encaminhamentos e solicitou análise de viabilidade para implantação.

 

Créditos do texto: Equipe de Inteligência Estratégica

 Serviço de Comunicação Social - Secom

 

registrado em: , , , , ,