Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > Depen participa do XX Curso de Intervenção Rápida em Recinto Carcerário – Módulo Básico

Notícias

Depen participa do XX Curso de Intervenção Rápida em Recinto Carcerário – Módulo Básico

publicado: 21/07/2017 12h57 última modificação: 13/09/2017 12h51

Brasília 17/4/2017 – Na última quinta-feira (13), aconteceu a formatura do XX Curso de Intervenção Rápida em Recinto Carcerário (CIRRC) – módulo básico. O curso foi promovido pela Escola Penitenciária do Distrito Federal (Epen -DF) e a Diretoria Penitenciária de Operações Especiais (DPOE -DF). Advindos de várias forças, foram matriculados 57 alunos, dentre eles estavam 14 servidores do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Para ingressar no curso, os concorrentes participaram de duas etapas: análise documental e teste de aptidão física (TAF). Os candidatos aptos na análise dos requisitos documentais puderam participar do TAF, no qual executaram barra, flexão de braços, abdominal, corrida, flutuação e apnéia dinâmica e estática. As instruções do XX CIRRC ocorreram entre os dias 03 e 13 de abril, em todos os períodos do dia.

Cabe salientar que neste curso tivemos a primeira mulher, agente federal de execução penal, formada em intervenção penitenciária tática. Lenise da Silva é servidora do último concurso do Depen, lotada na Penitenciária Federal de Porto Velho (PFPV). Segundo Lenise, o aprendizado vale a pena, principalmente, em termos técnico. “Porém, formar é bem difícil, o curso é ralado. Dormia cerca de 2 horas por madrugada, então o corpo e mente não descansavam. A instrução com calibre 12, bem como as atividades diárias propostas exigiam tanto, que por vezes achei que não conseguiria chegar ao fim. Mas acho que todo agente prisional deveria passar por essa experiência para atuar em situações de crise em ambiente prisional”, afirmou.

registrado em: , , , , , ,