Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > Coordenação de Inteligência Penitenciária participa de encontro para debater o crime organizado

Notícias

Coordenação de Inteligência Penitenciária participa de encontro para debater o crime organizado

publicado: 11/12/2017 15h05 última modificação: 15/12/2017 13h30

Nos dias 6 e 7 de dezembro, Recife recebeu a reunião ordinária do Grupo Nacional de Combate às Organizações (Gnoc). Promotores, procuradores de Justiça e especialistas do tema de todo o país trocaram experiências sobre colaboração premiada, sistemas de inteligência e recuperação de ativos. 

No primeiro dia de atividades aconteceram reuniões de grupos temáticos, com espaço para troca de experiências e expertise em temas como inteligência criminal, enfrentamento à corrupção e à lavagem de dinheiro e enfrentamento às facções criminosas. No segundo dia, o procurador da República no Rio de Janeiro e integrante da Operação Lava Jato Sérgio Luiz Pinel Dias, o promotor de Justiça do Distrito Federal e Territórios e integrante da Lava Jato Sérgio Fernandes explanaram sobre colaboração premiada.

O coordenador-geral de Informação e Inteligência Penitenciária do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) Sandro Abel Barradas debateu sobre o Sistema e inteligência penitenciária com foco nas organizações criminosas.

“Eventos como este é de suma importância para que se possa levar conhecimentos técnicos a respeito do que influencia o crescimento das facções criminosas nos presídios. Além de mostrar que a experiência do trabalho da inteligência prisional pode auxiliar o Ministério Público e investigações criminais, integrando forças contra as organizações criminosas”, declaração dada por Sandro Abel Barradas.

Serviço de Comunicação Social do Depen

registrado em: ,