Você está aqui: Página Inicial > Diretores de Unidades Prisionais se reúnem em São Paulo e compartilham boas práticas do sistema

Notícias

Diretores de Unidades Prisionais se reúnem em São Paulo e compartilham boas práticas do sistema

O encontro está sendo transmitido ao vivo para as Escolas Penitenciárias dos 26 Estados do Brasil e Distrito Federal
publicado: 04/11/2019 14h59 última modificação: 04/11/2019 16h13

São Paulo, 04/11/2019 – Diretores e representantes da administração prisional de todo o país estão reunidos, em São Paulo-SP, para o II Encontro Nacional de Diretores de Unidades Prisionais, promovido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), em parceria com a Fundação Pitágoras.

O evento tem como objetivo o intercâmbio de boas práticas, além de compartilhamento de informações sobre o sistema penitenciário. O primeiro encontro dos diretores de unidades prisionais aconteceu no início deste ano em Brasília, e teve a participação de aproximadamente 230 cursandos, dentre eles 140 diretores de unidades prisionais dos 26 estados e distrito federal.

A abertura do encontro foi realizada pelo diretor diretor-geral do Depen, Fabiano Bordignon, pelo Secretário de Administração Penitenciária de São Paulo, Sr. Nivaldo Restivo, pelo Juiz Diretor do Complexo Judiciário Ministro Mário Guimarães, Dr. Paulo Eduardo de Almeida Sorci e pela Presidente da Fundação Pitágoras, Sra. Helena Neiva e acontece até terça (05).

O Diretor-Geral do Depen frisou a importância da troca de experiências entre os dirigentes prisionais “Reunir os dirigentes do sistema prisional é um desafio que o Depen tem conseguido realizar com a ajuda dos secretários de Estado de administração prisional. No próximo ano teremos outros encontros que permitirão a participação de ainda mais servidores, buscando a troca de informações e experiências. O acompanhamento das rotinas diárias pelo diretor da unidade é fator determinante de sucesso na retomada do controle das unidades.” afirmou Bordignon.

Em videoconferência, o ministro Sérgio Moro destacou a importância do evento que permitirá que mais de 270 diretores e gestores prisionais troquem experiências e boas práticas na busca de soluções para as unidades prisionais. Para o Ministro, deve-se enfrentar o crime organizado, o crime violento e à corrupção também por meio da retomada do controle dos presídios do país e ressaltou a importância do trabalho dos diretores das unidades nessa tarefa.Para o Depen, a ampliação da geração de vagas no sistema prisional e ações de retomada do controle das unidades prisionais são as principais ações do Departamento.

O evento está sendo transmitido ao vivo para as Escolas Penitenciárias dos 26 Estados do Brasil  e Distrito Federal, o que permitira maior capilaridade das informações apresentadas nos painéis e debates.

Esse encontro de diretores tem o objetivo de subsidiar os diretores com informações para retomar o controle daquelas unidades onde o crime organizado assumiu um protagonismo. Os participantes assistiram à palestras sobre O Papel do Diretor das Unidades Prisionais, Papel da Corregedoria na Execução Penal, Procedimentos de Segurança Penitenciária, A Humanização é o Caminho, dentre outras. Confira a programação completa clicando aqui.

De acordo com o diretor de Políticas Penitenciárias do Depen, Sandro Abel, o encontro é essencial para a melhoria do Sistema. “Hoje é um dia de celebração da integração dos gestores prisionais  do país. Isso se dá pelo papel de suma importância dos gestores do Depen que são facilitadores do processo. O sucesso do evento será reconhecido em cada unidade prisional. vamos voar!”, acrescentou Abel.

Boas Práticas no Sistema Prisional.

Uma das iniciativas do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) é o incentivo às boas práticas como, por exemplo, a ampliação da oferta de trabalho para os internos.O Depen tem realizado seminários para difusão das boas práticas como o Seminário de incentivo a contratação de mão de obra prisional em Pernambuco o evento acontece nos dia 12 e 13 de novembro em Recife-PE, contando com a presença de juízes, empresários e gestores do sistema prisional, o foco na ressocialização do apenado por meio de atividades laborais, educacionais e disciplina é o objetivo desses encontros.

 

Serviço do Comunicação Social do Depen.