Você está aqui: Página Inicial > Diretor Geral do Depen e Secretário da Seapen vistoriam presídios em RS

Notícias

Diretor Geral do Depen e Secretário da Seapen vistoriam presídios em RS

O diretor se colocou à disposição do Governo gaúcho para agilizar o apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública em questões que possam contribuir para reduzir os problemas ocasionados pela crise de falta de vagas nos presídios gaúchos
publicado: 07/08/2019 16h19 última modificação: 07/08/2019 16h19

Porto Alegre, 07/08/2019 - Aproveitando a presença no estado, o diretor geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Fabiano Bordignon e o secretário da Administração Penitenciária, César Faccioli, vistoriaram dois estabelecimentos prisionais, além do local onde estão os presos mantidos em viaturas até o encaminhamento ao sistema penitenciário.

No novo local, que funciona em área localizada aos fundos do Instituto Psiquiátrico  Forense  (IPF), Bordignon inspecionou as celas e conversou com os custodiados. Na área próxima, onde estão as viaturas, o diretor geral do Depen também falou com um dos presos, assim como com os policiais militares que fazem a guarda.

No final da manhã, ambos foram à Cadeia Pública de Porto Alegre, onde Bordignon vistoriou as condições dos pavilhões e da estrutura de saúde disponibilizada aos detentos. Atualmente, cerca de 4.300 pessoas cumprem pena dentro do complexo da Cadeia Pública. A direção da casa fez uma explanação sobre como funciona o manejo dos presos ligados a facções e como se dão as visitas.

Ao final da rápida inspeção, o diretor se colocou à disposição do Governo gaúcho para agilizar o apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública em questões que possam contribuir para reduzir os problemas ocasionados pela crise de falta de vagas nos presídios gaúchos. “Saio daqui com uma pequena amostragem dos problemas enfrentados pelo sistema, aqui no RS, e pretendo, ainda nesta semana, conversar com o ministro Moro, para ver o que podemos construir, a curto prazo, para ajudar na busca de uma solução”, afirmou, antes de embarcar de volta para Brasília.

O secretário Faccioli agradeceu o apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública e relatou o andamento das obras nas novas penitenciárias (Bento Gonçalves e Sapucaia), bem como falou sobre a busca de conciliação com o Sistema de Justiça na administração das vagas no Estado. “Continuamos buscando uma solução consensuada para colocar fim, de uma vez por todas, à triste imagem de presos trancados em viaturas e delegacias”, explicou.

Créditos das fotos e do texto: Imprensa Susepe/ RS