Você está aqui: Página Inicial > DEPEN > Consultoria > Seleções encerradas

Sobre consultorias | Seleções abertas | Seleções encerradas

EDITAL N° 33/2017 - Processo de seleção de consultor/a técnico/a especializado/a para o acompanhamento da fase piloto de implantação de Modelo de Gestão para Alternativas Penais .

As inscrições serão realizadas de 01/02 até o dia 08/06.

Clique aqui para acessar o Edital de Abertura

 

EDITAL N° 32/2017 - Seleção de consultor/a técnico/a especializado/a para produção de subsídios voltados ao fortalecimento da Política Nacional de Controle e Participação Social na Execução Penal.

As inscrições serão realizadas de 25/05 até o dia 02/06.

Clique aqui para acessar o Edital de Abertura


EDITAL N° 31/2017 - Contratação de Consultoria Nacional Especializada para Implementação de Projetos-Piloto do Modelo de Gestão em Monitoração Eletrônica de Pessoas.  

As inscrições serão realizadas até o dia 28 de abril de 2017. 

Clique aqui para acessar o Edital de Abertura

 

EDITAL Nº 29/2017 - seleciona 1 consultor técnico para produção de subsídios voltados a formulação e implementação da política nacional de atenção à pessoa egressa do sistema prisional, no âmbito da cooperação técnica do projeto BRA/14/011:

Qualificações obrigatórias:  Ensino Superior Completo na área de Humanas em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação – MEC; Mínimo de 5 (cinco) anos de experiência profissional.

Local de trabalho, período e valor do contrato: Brasília-DF; Março de 2017 a Março de 2018; Até R$ 100.000.

Para participar, o interessado deverá preencher o formulário de inscrição, anexando curriculum vitae e informações adicionais, e enviar para prodocdepen@mj.gov.br até o dia 24 de fevereiro de 2017. Tanto o formulário de inscrição quanto o curriculum vitae deverão estar em língua portuguesa.

 Prazo de inscrição: até o dia 24 de fevereiro de 2017.

 Confira o Edital (clique aqui).

 ATENÇÃO!!!! Os candidatos que não encaminharem o formulário de inscrição de acordo com o modelo disponibilizado serão desclassificados do processo seletivo. Informações incompletas ou omitidas do formulário de inscrição não serão consideradas na análise dos currículos.

* De acordo com o Decreto 5.151/2004, no âmbito dos acordos de cooperação técnica internacional, é vedada a contratação de servidores ativos da Administração Pública Federal, Estadual, do Distrito Federal ou Municipal, direta ou indireta, bem como empregados de suas subsidiárias e controladas.