Você está aqui: Página Inicial > Depen e Ministério da Saúde publicam recomendações para tuberculose e HIV/Aids diante do coronavírus no sistema prisional

Notícias

Depen e Ministério da Saúde publicam recomendações para tuberculose e HIV/Aids diante do coronavírus no sistema prisional

Documento apresenta informações para o cuidado das pessoas privadas de liberdade com diagnóstico de tuberculose e/ou HIV/Aids diante da COVID-19

publicado: 28/05/2020 17h29 última modificação: 28/05/2020 17h36

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e o Ministério da Saúde, com apoio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) publicaram, nesta quarta-feira (27), o documento intitulado “Recomendações para o Manejo de Tuberculose e HIV/Aids no Sistema Prisional durante a Pandemia da COVID-19”.

Direcionado aos gestores e às equipes de saúde das unidades prisionais brasileiras, o documento apresenta informações sobre o cenário da pandemia de COVID-19 e as principais informações sobre a importância da manutenção do tratamento para tuberculose e/ou HIV/Aids. O documento também orienta as equipes sobre os cuidados necessários no caso de ingresso e saída em liberdade das pessoas que são diagnosticadas ou realizam tratamento, visando a continuidade desses tratamentos.

“A tuberculose e o HIV são os agravos que mais acometem as pessoas privadas liberdade, por isso, o Depen, em conjunto com as áreas técnicas do Ministério da Saúde, decidiu publicar o documento que evidencia a importância dos cuidados com essas doenças neste momento da pandemia da COVID-19”, destaca Rodrigo Lopes, coordenador de Saúde do Depen.

Ao final, o manual apresenta os canais de comunicação para casos de dúvidas ou mais informações junto à Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde; e à Coordenação de Saúde Prisional, do Depen.

Acesse e faça download do documento aqui.

 

Serviço de Comunicação Social do Depen

registrado em: ,